Segundo ônibus queimado totalmente em Campina Grande/PB. O início da nova onda de Terror.

0



 No início da noite desta sexta-feira, 15 de maio, Campina Grande teve o seu segundo ônibus queimado totalmente na mesma semana, desta vez foi no Bairro da Glória, outro bairro considerado perigoso em Campina Grande, onde quem comanda é a bandidagem.

O problema era quem seria o primeiro a queimar um ônibus, isso é o início de uma brincadeira que pode parar longe como as explosões a bancos na Paraíba.
Após ser noticiado nos jornais locais o suposto incêndio em diversos pontos da cidade começaram a soltar bombas em comemoração.

Após os eventos da Quarta-feira, a polícia foi as ruas na quinta-feira tendo um reforço maior no centro da cidade e pontos estratégicos havia viaturas realizando rondas, agora no segundo dia, tudo havia voltado ao normal nas rondas, mas o medo ainda reina nas universidades com número reduzido de estudantes.

"De acordo com a PM, o ônibus, da linha 303, que trafega entre os bairros José Pinheiro, Santo Antônio e Glória, estava parado no ponto final. A dupla suspeita teria chegado a pé e ordenado ao motorista que saísse do veículo. Neste momento, eles teriam usado gasolina para provocar o incêndio, que destruiu o veículo totalmente. Este é o segundo caso registrado no município em menos de 48h. Nessa quarta-feira (13), outro ônibus foi queimado no bairro Pedregal, Zona Oeste.

A polícia acrescentou que o crime pode ter sido motivado pela insatisfação de bandidos com relação à transferência de alguns apenados para João Pessoa. Alguns deles seriam originários do bairro da Glória, local escolhido pelos comparsas para o atentado.

Às 20h35, o incêndio já havia sido totalmente controlado.
"

Segundo a OMS João Pessoa/PB está sofrendo uma epidemia de Homicídios.

0

Operação "Risco Zero" fecha prostíbulo de renome em São Sebastião de Lagoa de Roça/PB

0
Participaram da Operação policiais militares sob o comando do Coronel Alívio e do Major Sérgio, alem da SUDEMA, Bombeiros e a Polícia Civil, onde foi constatado diversas irregularidades no local, culminando com sua interdição.
O estabelecimento fica  localizado às margens da BR-104, em São Sebastião de Lagoa de Roça.

Homicídio na noite de Sexta-feira em São Sebastião de Lagoa de Roça/PB. Policiais prende acusados um deles era menor.

0
Na noite da última sexta-feira, 21 de março, o popular Fernandinho foi morto no centro da cidade de São Sebastião de Lagoa de Roça, segundo informações a vítima tinha envolvimento com homicídios e tráfico de drogas. Polícia agiu rápido e prendeu a dupla acusada do homicídio do rival. Um dos acusados tem 17 anos.
Esteve no local, o Delegado Plantonista Lamartine Lacerda, realizando os primeiros levantamentos com a equipe da Civil juntamente como o IPC e NUMOL.

Adolescente é detido com 94 pedras de Crack e um revolver cal.38 em Campina Grande/PB.

0
Um adolescente foi detido com 94 pedras de Crack prontas para o consumo e um revolver cal.38 na última quinta-feira, 20 de março.
O Delegado Plantonista, Lamartine Lacerda confeccionou o procedimento que ficará a cargo da justiça determinar ou não o internamento da "criança".

"Operação Nêmesis" deflagrado em Campina Grande e João Pessoa contra Homicidas

0


A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta segunda-feira (24), a operação denominada de “Nêmesis” (Deus da Vingança), nos municípios de Campina Grande e João Pessoa. Já foram detidas14 pessoas acusadas de tráficos de drogas, explosões de caixas eletrônicos e homicídios na Paraíba.
Foram cumpridos 12 mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça. Segundo a polícia doze prisões aconteceram no bairro de Bodocongó, em Campina Grande e duas em João Pessoa.
As investigações duraram seis meses e envolveu cerca 60 policiais civis. Quem está na frente da operação é o superintendente da Polícia Civil da 2ª região Integrada de Segurança Pública (Reisp), Marcos Paulo Viela e o delegado Henry Fábio, da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio. 

Polícia Civil da Paraíba apreende 85 kg de maconha e Crack. A droga é oriunda de estados vizinhos.

0
 Mais uma ação qualificada de repressão a entorpecentes foi realizada pela Polícia Civil da Paraíba. Desta vez, a operação denominada ‘Relva’, executada pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Capital, apreendeu mais 85 quilos de drogas, entre maconha e crack.
Foram presos Rodrigo Braz Filho, de 31 anos, e Diego Alexandro dos Santos Ribeiro, 29 anos, que já responde também processo por homicídio. Os traficantes e a droga foram apresentados na manhã desta segunda-feira (24) na Central de Polícia, bairro no Varadouro.
De acordo com o delegado Allan Terruel, titular da DRE, toda a investigação foi efetuada por agentes da delegacia, que prenderam primeiro o Diego Alexandro, na comunidade Paulo Afonso, Jaguaribe. Com ele foram encontrados 27 embalagens de maconha, uma de crack, um aparelho de telefone, chip, e ainda um veículo Celta, de cor preta e placas MOC 1223, utilizado para transporte do entorpecente.
Logo após, a Polícia seguiu em diligências e prendeu Rodrigo Braz. A droga foi encontrada com ele na casa onde mora no Bairro das Indústrias. Foram 29 embalagens de maconha, duas de crack, dois telefones, R$ 2.280 em dinheiro e quatro rolos de fita adesiva, que servem para empacotar a droga. “A quantidade apreendida totaliza 80 quilos e 762 gramas de maconha e cinco quilos e 20 gramas de crack. Segundo os presos, esse entorpecente é oriundo de Parnamirim (RN). Com a retirada desse material de circulação, enfraquecemos financeiramente o tráfico e não provocamos violência, pois a venda no varejo é prejudicada”, explicou o delegado Allan Terruel, titular da DRE.
O delegado acrescentou ainda que o entorpecente seria distribuído para a região metropolitana de João Pessoa e o nome da operação deve-se ao fato de os traficantes se referirem à droga como ‘mato’. Este ano, em menos de três meses, a delegacia especializada já apreendeu mais de 260 quilos de entorpecentes.
Todos os acusados serão encaminhados para o Sistema Prisional. Outras três pessoas envolvidas com tráfico na região já foram identificados pela Polícia Civil e devem ser presos nos próximos dias.

Arrombamento na zona rural de Cubati/PB.

0
Na noite deste domingo,23 de março, para amanhecer segunda-feira dia 24 elementos arrombaram uma casa no sítio tanquinhos zona rural de Cubati ,segundo a filha  da dona da casa Eliane Alcântara, 34, agricultora, os elementos arrombaram e praticaram uma cena de terror dentro da residência e ainda levaram o botijão de gás, duas rodas de arames  farpados e várias criações de galinhas e fugiram por dentro dos roçados a pé , pela manhã estiveram no local policiais do 9ºBPM para fazer os primeiros levantamentos e segundo os mesmos, já tem pista dos suspeitos e vão trabalhar para realizar a prisão dos elementos a curto prazo, segundo moradores essa é a segunda casa arrombada na localidade e as ações dos elementos tem o mesmo perfil.
fonte: Silvio Neto com informações das vítimas no local da ação criminosa.





























A comida espalhada pelo chão demonstra que os bandidos estavam procurando dinheiro que alguns agricultores escondem dentro de sacos de milho, farinha e feijão, prática muito comum com os mais velhos que não utilizavam contas bancárias, outro fato que ajudou os bandidos roubarem a residência é a sua localização afastada de outras residências, além da localidade rural ser de difícil acesso e não possuir rondas na localidade.

Delegado Durval Barros prende acusado de matar empresário na zona rural de Cuité/PB; Suspeito já estava com passagem para fora do Brasil.

0

0
O acusado devia dinheiro a vítima, e possui um arsenal de armas. Polícia continua as investigações.
Já se encontra preso em Cuité José Arimateia Azevedo de Almeida, conhecido por Vevé, como principal suspeito da autoria do assassinato do comerciante cuiteense Jecomias na zona rural de Cuité. O autor do crime foi preso no aeroporto de Natal/RN numa operação conjunta do Delegado de Cuité/PB Durval Barros e a Polícia Federal. O suspeito estava com destino a Foz do Iguaçu fronteira com o Paraguai, país onde ambos tinham contatos comerciais desconhecidos para a polícia até o momento, neste momento o Delegado Durval e sua equipe se encontram em diligências no sítio Catolé na casa dos pais do Arimateia, vizinho a casa de Jecomias passava os finais de semana;
Segundo o delegado o suspeito já foi sócio da vítima e segundo informes devia uma quantia em dinheiro, ainda acrescentou que Arimateia tinha uma coleção de armas e era exímio atirador.

Uma coletiva de imprensa será realizado logo mais para dá detalhes da prisão.

www.setimaregional.com.br









Reveja o caso:

Roubo ou acerto de Contas? Cuiteense é morto na zona rural de Cuité/PB no sítio Catolé.

5
Na noite deste domingo (16) foi registrado um assassinato no Sítio Catolé, zona rural de Cuité, próximo à cidade de Baraúna. A vítima é um Cuiteense, conhecido por Jecomias, o mesmo foi vítima fatal de um tiro nas costas, no momento estamos levantando mais informações sobre a vida pregressa da vítima que segundo algumas informações poderiam ter levado a sua morte. Mais detalhes a qualquer momento.

----------
Segundo informações do 9° Batalhão de Polícia Militar, por volta das 20h00 deste domingo (16), no sítio Catolé, município de Cuité, à 5 km da cidade de Baraúna, foi registrado um homicídio. 

Uma turma de amigos estava no alpendre de uma residência quando, um destes, a vítima, se descolou para os fundos da casa para desligar uma bomba d'água. 

O mesmo foi surpreendido e alvejado por um disparo de arma de fogo, provavelmente, calibre 12. Não há sinais nem pistas de quem tenha sido o autor do disparo, ou se também tenha tido participação de mais alguém, apenas se ouviu o disparo e o pedido de socorro da vítima, o assassino tomou rumo ignorado. 

A vítima é um comerciante cuiteense, conhecido por Jecomias.