Greyguen Raynen já encontra-se em liberdade.


Fugiu pelos fundos da cadeia, e após 11 dias de sua recaptura saiu pela porta da frente com a permissão da justiça.


O foragido Greyguen Raynen que havia fugido da cadeia de Picuí com mais quatro detento e que após denuncias e participação efetiva da Polícia Civil de Parnamirim/RN através de denuncias conseguiu recapturar o mesmo, o qual em seguida foi conduzido pela equipe da Delegada Dianni Regina a sua morada, a cadeia de Picuí. Enquanto esteve escondido na cidade do Rio Grande do Norte a família de Greyguen fez contatos com advogados da capital potiguar os quais conseguiram em instancias superiores derrubar a prisão de Greyguen, infelizmente tanto o nosso Promotor e o magistrado da Comarca de Picuí tentaram de todas as formas encontrar uma forma de fazê-lo cumprir a pena a que lhe foi imposta, mas não foi possível.
Acreditamos que o fato que contou a favor de Greyguen para conseguir a soltura é que o mesmo foi preso após a maioridade pelo crime cometido quando era de menor, na época com17 anos, onde matou juntamente com Divino Renato, o Moco de Nova Floresta, o senhor Zezito para levar a moto do mesmo, e estava cumprindo pena em estabelecimento prisional normal.
Infelizmente é a nossas lei e advogados trabalham em cima das brechas que a mesma possui e quando o réu possui dinheiro ou entidades que possam lhes defender podem recorrer a instancias superiores que podem derrubar as decisões das instancias mais abaixo desde que provado que existe brecha ou alguma falha.


"Salientamos que a justiça de Picuí tentou ao máximo fazer com que Greyguen pagasse pelos seus crimes na cadeia."

atualizado as 20:04hs 11/07/2012
www.setimaregional.com.br