Preso dupla na cidade de Remígio, no brejo paraibano, com dois revólveres que iriam executar um inimigo.



 Por volta do meio dia desta sexta-feira, 23, policiais da Força Tática de Esperança do 10º BPM visualizaram dois indivíduos numa moto preta e sem os mesmos perceberem, os policiais deram meia volta e abordaram os dois indivíduos rapidamente, após uma revista pessoal verificou-se que estavam portando dois revolveres calibre .38 e ao serem solicitados a apresentar os documentos um dos indivíduos apresentou o documento do irmão já falecido. Após verificar nos sistemas policiais foi constatado que ambos possuem processo. O primeiro de camisa azul na foto, é Erianaldo Quinto da Silva, mas conhecido por PERUCA, com 22 anos, o qual cumpriu cinco meses de prisão por Associação para o Tráfico, prisão realizada na época pelo atual Delegado Regional João Joaldo.
O segundo e mais perigoso de camisa branca na foto, se trata de TIAGO DANTAS DA SILVA, de 25 anos, mas conhecido por TIAGO CABEÇÃO ou ZÉ DA BUNDONA, o qual afirmou categoricamente que responde processo pela morte de mais de oito indivíduos  pelas cidades do sertão, como Itabaiana, Santa Luzia, sendo esses os quais que ele responde; Afirmou que matou e mata qualquer um que mexesse com ele, e estava com aqueles revolveres porque estava procurando um rapaz que teria ameaçado na noite anterior e o mesmo não queria deixar ele impune.

Tiago informou que já foi condenado a mais de 26 anos de cadeia vindo a cumprir oito anos no Presídio do Serrotão, e após conseguir o albergue para de ir vindo a está atualmente um ano foragido; Informou também que depois disso passou um tempo na cidade de Lagoa Seca, e deixou escapar que havia matado um na cidade de Lagoa de Roça e que estava em Remígio a aproximadamente 4 meses trabalhando como tatuador profissional já que exercesse essa profissão a mais de 12 anos tendo clientes até de João Pessoa e cobrando até R$300, 00 pelo serviço. Após a confecção do flagrante ambos foram conduzidos para cadeia pública de Remígio, onde Tiago aguardará a sua transferência para o Serrotão e Erianaldo ficará a disposição da justiça local.
As investigações continuará após a conclusão do inquérito pela Delegacia de Homicídios de Campina Grande, já que segundo informações o pessoal daquela delegacia já estava a procura de Tiago.
No início da noite, o Delegado Lamartine Lacerda, titular da Delegacia de Remígio cedeu entrevista para a Tv Paraiba com relação ao caso.
www.setimaregional.com.br