Família paraibana é executada no Paraná, filhos sobreviveram aos tiros.


Um frentista paraibano e a mulher dele foram assassinados a tiros na noite dessa quinta-feira (7), em Curitiba no Paraná. O irmão do rapaz e duas crianças, um bebê de sete meses e uma menina de 13, ficaram feridos.

Segundo informações da polícia, a família estava em um carro quando foi abordada por um grupo de homens armados com duas pistolas.


Os atiradores fecharam o automóvel das vítimas e efetuaram uma série de disparos no momento em que elas passavam pela Rua Francisco Derrosso no bairro Alto Boqueirão, na Zona Sul de Curitiba.

José Ailton Mangueira Rodrigues, 23 anos, era quem dirigia o carro. Ele e a esposa, Camila Costa Vieira Santos, 27, morreram na hora. Camila estava no banco traseiro e segurava no colo o filho do casal, uma criança de sete meses que ficou ferida com estilhaços dos tiros.

A irmã dele, uma menina de 13 anos, fruto de outro relacionamento de Camila, e o irmão de José Ailton, Jeferson Harle Mangueira Rodrigues, 19, também foram baleados e depois socorridos, levados para Hospital Evangélico, onde foram atendidos e não correm risco de morte. O motivo dos crimes ainda é investigado pela polícia e os responsáveis fugiram.

José Ailton trabalhava como frentista em Curitiba/PR e a mulher era dona de um comércio de roupas usadas. Ele era natural de Cajazeiras, a 468 km de João Pessoa, no Sertão da Paraíba e o corpo foi transferido para a cidade paraibana, onde ocorre o sepultamento.

Os parentes que sobreviveram ao ataque e que podem prestar depoimento serão ouvidos pela polícia logo depois que deixarem o hospital.